Bolsonaro sobre margem de lucro da Petrobras: 'gorda e obesa'
Redação 1Bilhão
Bolsonaro sobre margem de lucro da Petrobras: 'gorda e obesa'

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que a Petrobras está "gordíssima, obesa", em referência à margem de lucro da estatal. A petroleira registrou lucro líquido de R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano, segundo balanço divulgado no início do mês.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

A declaração foi dada a jornalistas nesta quarta-feira (11), depois de ele discursar na 48ª edição da Expoingá, em Maringá (PR).

"A Petrobras está gordíssima, está obesa! Poderia sim, o seu conselho e diretores reduzir a margem de lucro. A margem de lucro deles é na casa de 30%, já as outras petroleiras estão no máximo em 15%", afirmou Bolsonaro. "Petrobras você é Brasil! Ou quem tá aí dentro não pensa no seu país? O povo está sofrendo bastante com o preço do combustível".

Também acusou a empresa de querer "tentar atingir o presidente" com os reajustes nos preços dos combustíveis. Bolsonaro ainda acrescentou que lamenta "o que está acontecendo" e ressaltou que quem define os preços é a Petrobras. 

O presidente defendeu que a estatal abaixe a margem de lucro "pensando no Brasil".

A fala aconteceu no mesmo dia em que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque,  foi exonerado do cargo. Jair Bolsonaro  teria se irritado com o ministro após o anúncio de mais um reajuste no preço do diesel. 

Nesta semana, a estatal aumentou em 8,87% o valor do litro do combustível nas refinarias. Com a mudança, o preço médio do diesel para as distribuidoras passou de R$ 4,51 para R$ 4,91 por litro. O aumento desagrada, sobretudo, caminhoneiros autônomos, uma das bases eleitorais do presidente, que tenta a reeleição neste ano.

Essa não foi a primeira vez que Bolsonaro criticou o lucro da Petrobras publicamente.

Em sua live semanal no último dia 6, minutos antes da estatal divulgar o balanço do primeiro trimestre deste ano,  ele afirmou que o lucro da Petrobras era "um estupro, um absurdo".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários