Tamanho do texto

Segundo o deputado Cacá Leão (PP-BA), projeto será votado em agosto

Nesta sexta-feira (12) o deputado Cacá Leão (PP-BA), relator do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2020, alegou que a medida será votada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) no início de agosto.

Leia também: Novo presidente do BNDES inicia programa de desinvestimento em setembro

Cacá Leão dise que a votação foi adiada para não interferir na votação da reforma da Previdência arrow-options
Lucio Bernardo Jr. / CÂMARA dos Deputados
Cacá Leão dise que a votação foi adiada para não interferir na votação da reforma da Previdência

Leia também: Para Onyx, mesmo desidratada reforma garante R$ 900 bilhões de economia

A intenção original do relator, Cacá Leão , era que o relatório, apresentado no último domingo (07), fosse examinado nesta quarta-feira (10), mas a reunião foi cancelada em razão da análise da reforma da Previdência pelo Plenário da Câmara.

Leiatambém: O que propõe a reforma da Previdência aprovada no plenário da Câmara

“Fizemos uma reunião com os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara, Rodrigo Maia, e da CMO, senador Marcelo Castro (MDB-PI), para que a LDO não interferisse na reforma da Previdência”, afirmou Cacá Leão , que completou: “Adotamos a cautela de deixar a LDO para o segundo semestre. Na primeira semana de agosto, acredito que vamos votá-la na comissão e no plenário do Congresso Nacional”.