Tamanho do texto

Entre as principais mudanças propostas pelo relatório, estão a exclusão da capitalização e retirada dos estados e municípios das novas regras; confira

relator da previdência
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil - 13.6.19
Samuel Moreira (PSDB), relator da comissão especial da reforma da Previdência, apresentou seu parecer nesta quinta (13)

Samuel Moreira (PSDB), relator da comissão especial que analisa a reforma da Previdência, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 6/2019, apresentou nesta quinta-feira (13) um parecer que traz mudanças no texto original apresentado pelo governo. Entre as principais alterações, estão a exclusão da proposta de criação de um regime de capitalização e a retirada dos estados e municípios das novas regras.

Leia também: Economia com a nova Previdência deve ser inferior à projetada pelo governo

A sessão foi marcada por confusões e bate-bocas. No início, o presidente da comissão, deputado Marcelo Ramos (PL), chegou a anunciar um acordo para que não houvesse obstrução da oposição durante a leitura do parecer. Mas a presidente do PT, Gleisi Hoffmann , logo questionou a proposta e os debates na própria comissão. Segundo ela, 16 sessões não seriam suficientes para debater uma matéria tão relevante.

Depois, durante os discursos de líderes partidários, os deputados Ivan Valente (PSOL) e Marcel Van Hattem (Novo) trocaram ofensas: o primeiro gritou "moleque safado!"; o segundo retrucou com "mentiroso!". Valente argumentou que Van Hattem o "agrediu com palavras", mas o parlamentar do Novo negou, dizendo que apenas questionou se o psolista fazia parte do regime especial de Previdência da Câmara.

Parte das mudanças anunciadas durante a comissão já haviam sido divulgadas na noite de ontem (12), em entrevista coletiva. Samuel Moreira confirmou a exclusão do regime de capitalização do texto, bem como das mudanças previstas na aposentadoria rural e no BPC (Benefício de Prestação Continuada), a retirada de estados e municípios e a flexibilização das regras para as mulheres.

Confira as principais mudanças aplicadas por Moreira em seu parecer: