Tamanho do texto

Cliente ficou irritado quando funcionária disse que restaurante não tinha canudos de plástico e a agarrou; trabalhadora respondeu com socos e gritos

Em caso de agressão MCDonald's, cliente ataca funcionária que disse que a loja não possuía canudos de plático
Reprodução YouTube
Em caso de agressão MCDonald's, cliente ataca funcionária que disse que a loja não possuía canudos de plático


Uma funcionária da rede de fast food McDonald's foi atacada por um cliente em uma unidade da cidade de St. Petersburg, na Flória, nos Estados Unidos. De acordo com uma testemunha, a agressão no McDonald's foi causada pela falta de canudos de plásticos. As informações são do jornal The Washington Post .

Leia também: Imagens flagraram o momento em que segurança do Carrefour agride cachorro; veja

Segundo a publicação, a agressão no McDonald's começou quando um homem pediu à atendente do caixa canudos de plástico, que não estavam disponíveis no balcão de condimentos. A funcionária respondeu que nãoa loja não possuía o objeto e acabou sendo atacada.

"Ela disse que agora era lei que as lojas não tivessem mais canudinhos disponíveis no balcão de condimentos", disse Brenda Biandudi, a testemunha do ocorrido, ao jornal americano. Em seguida, ela conta que o homem respondeu a funcionária dizendo “que essa lei não existia” e começou com as agressões. A balconista revidou o ataque.

Confira, no vídeo, o momento do ataque:



Durante a agressão, é possível ouvir pessoas gritando, pedindo para que o homem a largue e pare com os ataques. Depois de alguns segundos, um funcionário do McDonald's tira o cliente de perto da mulher e, outros, a afastam da situação.

Em St. Petersburg, o Legislativo da cidade votou, em dezembro de 2018, pela proibição de canudos plásticos a partir de 2020. Até lá, vigora, em 2019, um período de adaptação, no qual os clientes interessados podem pedir os canudinhos nos estabelecimentos.

Leia também: Papai Noel deixa trono antes do fim do expediente e é vaiado em shopping de SP

Depois da agressão no McDonald's, cliente pede demissão da funcionária

Após agressão no McDonald's, cliente quis que funcionária fosse demitida
shutterstock
Após agressão no McDonald's, cliente quis que funcionária fosse demitida




Com o fim da discussão, o cliente que acatou a funcionária pede, a quem pensa ser um gerente da loja, que ela fosse demitida. A trabalhadora responde, dizendo que, na verdade, era o homem quem seria preso.

Leia também: Consumidor negro é chamado de "macaco" em cupom fiscal do Burger King

Após o caso de agressão no McDonald's , a polícia foi acionada, mas o cliente já havia deixado o local quando os agentes chegaram.


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.