Tamanho do texto

Vídeo com tom de denúncia mostra crianças chorando e adultos xingando o bom velhinho; autor da gravação diz que "acabou o Natal" para os presentes

Em tom de denúncia, o autor da gravação narra a saída do Papai Noel e registra a decepção das famílias presentes, que aguardavam para tirar uma foto com ele
Reprodução/Youtube
Em tom de denúncia, o autor da gravação narra a saída do Papai Noel e registra a decepção das famílias presentes, que aguardavam para tirar uma foto com ele

Um Papai Noel contratado pelo Shopping Aricanduva, na zona leste de São Paulo, foi alvo de vaias e xingamentos no último domingo (2). Escoltado por seguranças e "noeletes" e ao som do choro de crianças, o bom velhinho foi filmado saindo de seu trono e sendo xingado por pais e mães, que o criticavam por ir embora antes do fim de seu expediente.

Leia também: Professora conta a crianças que Papai Noel não existe e relato de mãe viraliza




Não demorou muito para o vídeo do episódio viralizar na internet. Em tom de denúncia, o autor da gravação narra a saída do Papai Noel e registra a decepção das famílias presentes, que aguardavam para tirar uma foto com ele. "Não deu o horário do Papai Noel e ele está indo embora. Abandonou um monte de crianças aqui chorando... As pessoas [estão] revoltadas", diz o responsável pelo vídeo.

Em dado momento, é possível ver uma mulher revoltada, que começa a xingar o bom velhinho. Ela está de mãos dadas com uma menina, que chorou por não ter conseguido tirar uma foto com o Papai Noel. "Olha aqui! Olha aqui", diz a mulher apontando para a criança. "Vai, seu ridículo!", completa.

Aos poucos, as pessoas que aguardavam na fila vão se dispersando. O rapaz continua mostrando a cena, filmando até o trono vazio. "Não cumpriu o horário, não cumpriu o contrato, e deixou o trono vazio. O Papai Noel abandonou. Denúncia, denúncia aqui no shopping Aricanduva!", grita o locutor.

Leia também: Morte de cachorro em unidade do Carrefour gera onda de protestos

Dizendo que "acabou o Natal " para as crianças que ali estavam, o narrador segue registrando imagens das famílias e reclamando da atitude do Papai Noel. A mulher que havia xingado o bom velhinho de ridículo reaparece e diz que vai chamar a administração do shopping paulista para relatar o ocorrido. "Sacanagem! Faltavam três minutos para as 22h!", esbravejou a senhora.

Em nota, segundo o BuzzFeed Brasil , o Shopping Aricanduva disse que o Papai Noel "cumpriu com as atividades contratadas, atendendo ao público até as 22h."

No Twitter, os usuários aproveitaram o caso bizarro para, claro, fazer piadas:












    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.