Idosa finalmente poderá retirar o prêmio de 500 mil euros (cerca de R$ 3 milhões)
Pixabay
Idosa finalmente poderá retirar o prêmio de 500 mil euros (cerca de R$ 3 milhões)

A idosa de Nápoles, sul da Itália, que teve um  bilhete de raspadinha furtado no início deste mês finalmente poderá retirar seu prêmio de 500 mil euros (cerca de R$ 3 milhões). 

O roubo ocorreu na tabacaria onde a senhora de 70 anos havia comprado o bilhete. O autor do crime foi o próprio dono do estabelecimento, Gaetano Scutellaro, de 57 anos, após ter descoberto o valor que a mulher receberia.

Scutellaro ainda tentou fugir para a Espanha e chegou a esconder o bilhete em um banco, mas acabou preso. Após ter alegado inocência, ele admitiu o furto e pediu perdão à idosa.

O bilhete premiado, no entanto, só foi liberado pelo Ministério Público de Nápoles na última quarta-feira (22), já que há uma investigação aberta contra Gaetano Scutellaro por furto agravado e tentativa de extorsão - ele havia dito que devolveria a raspadinha se a mulher dividisse o prêmio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários