Petrobras pagará R$ 31 bilhões de dividendos à União
Redação 1Bilhão
Petrobras pagará R$ 31 bilhões de dividendos à União

A Petrobras, que reduziu o preço da gasolina e do QAV nesta quinta-feira (28), informou que vai distribuir um total de R$ 87,8 bilhões em dividendos a seus acionistas referentes aos resultados financeiros do segundo trimestre. O valor é recorde para um trimestre, de acordo com a estatal. Desse total, R$ 32,1 bilhões ficarão com a União.

A Petrobras está entre as companhias estatais às quais o governo solicitou alteração no repasse de dividendos para fazer frente aos gastos com a proposta de emenda à Constituição (PEC) Eleitoral. Caixa e BNDES também devem atender pedido do governo e ampliar distribuição de dividendos.

No primeiro trimestre, a estatal já havia distribuído R$ 48,5 bilhões em dividendos a seus acionistas. Com isso, o total distribuído a todos chegou a R$ 136,3 bilhões no primeiro semestre. Desse total, a União soma R$ 49,8 bilhões de dividendos da estatal nos primeiros seis meses deste ano.

Os dividendos do segundo trimestre serão pagos em duas parcelas iguais nos meses de agosto e setembro, informou a companhia em comunicado enviado na tarde desta quinta-feira à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Será um valor de R$ 6,732003 por ação preferencial (PN, sem direito a voto) e ordinária (ON, com direito a voto).

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em 2021, a Petrobras pagou um total de R$ 101,4 bilhões em dividendos. Desse total, a União ficou com R$ 37,3 bilhões.

Segundo a estatal, "a aprovação do dividendo proposto é compatível com a sustentabilidade financeira da companhia no curto, médio e longo prazo e está alinhada ao compromisso de geração de valor para a sociedade e para os acionistas, assim como às melhores práticas da indústria mundial de petróleo e gás natural". 

A companhia lembrou que não existem investimentos represados por restrição financeira ou orçamentária e a decisão de uso dos recursos excedentes para remunerar os acionistas se apresenta como a de maior eficiência para otimização da alocação do caixa.

Em 2021, a Petrobras pagou um total de R$ 101,4 bilhões em dividendos. Desse total, a União ficou com R$ 37,3 bilhões.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários