Ex-presidente Lula nega intenção de extinguir Pix
Guia do Investidor
Ex-presidente Lula nega intenção de extinguir Pix

O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) à presidência, Luiz Inácio Lula da Silva , promete manter o Pix, caso eleito. O sistema de pagamentos é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro, apesar de a concepção da ideia ser do Banco Central durante a gestão do ex-presidente Michel Temer.

"A família Bolsonaro inventou que Lula quer acabar com o PIX. É fake! Quem não sabe sobre o PIX é o próprio Bolsonaro, que em 2020, quando o sistema era implementado, disse que nem sabia o que era", publicou Lula no Twitter nesta quinta-feira (28). 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Ontem (27), o vereador Carlos Bolsonaro publicou uma  matéria afirmando que "banqueiros têm esperança que Lula revogue o Pix". O filho mais velho do presidente, Flávio Bolsonaro, repostou a foto e cutucou: "Se é contra o povo, Lula tá dentro!"

O Pix voltou a ser foco da pré-campanha depois que banqueiros se posicionaram a favor da democracia e das urnas eleitoral, alvos de Bolsonaro. Segundo o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o motivo seria que o sistema de pagamentos retirou lucros dos bancos

Nogueira chamou o  manifesto em defesa das urnas eletrônicas e da democracia de "cartinha" e afirmou que o foco do governo é "reduzir a inflação". “Nosso manifesto vai ser para reduzir a inflação. Esse é o nosso foco”, disse ao Estadão. 

A Carta aos Brasileiros, organizada pela Faculdade de Direito da USP, já conta com mais de 60 mil assinaturas, entre elas a de alguns poderosos empresários brasileiros como Roberto Setubal e Pedro Moreira Salles, copresidentes do Conselho de Administração do Itaú Unibanco, e de Candido Bracher, ex-presidente do banco e hoje membro de seu conselho.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários