Privatização da Eletrobras: oferta de ações já tem demanda inicial de R$ 13 bi
Ivonete Dainese
Privatização da Eletrobras: oferta de ações já tem demanda inicial de R$ 13 bi

A Eletrobras informou que vai ser protocolado nesta sexta-feira (27) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o pedido de registro da oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias da empresa. A operação vai permitir a privatização da companhia.

A venda de ações da Eletrobras é feita por BTG, Bank of America, Goldman Sachs, Itaú BBA, Citigroup, Credit SUISSE, JP e Safra.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

A oferta primária envolve 627.675.340 ações e a secundária 69.801.516 ações.

Investidores já sinalizaram interesse em comprar  cerca de R$ 13 bilhões em ações da Eletrobras, segundo fontes.

Há uma expectativa de que a operação de venda da Eletrobras possa levantar R$ 30 bilhões, incluindo uma nova emissão de papéis e as ações que hoje estão com o governo, segundo relatório de 22 de maio, assinado por analistas do UBS BB.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários