Veja os itens que ficaram mais caros no último ano
Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Veja os itens que ficaram mais caros no último ano

A inflação subiu 1,62%  no mês de março, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (8). Esta é a maior alta para um mês de março desde 1994, antes do Plano Real.

No acumulado dos últimos 12 meses, a alta do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi de 11,30%. Nos últimos 12 meses, o produto que teve maior aumento de preço foi a cenoura, com 166,17%, seguida do tomate, com 94,55%, e do pimentão, com 80,44%.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram  e fique por dentro de todas as notícias do dia

Na lista dos 50 itens que mais pesaram na inflação, aparecem o óleo diesel (46,47%), o gás de botijão (29,56%) e a gasolina (27,48%). No mês de março,  os itens reajustados pela Petrobras foram responsáveis por mais de um terço da alta do índice.

Veja os 50 itens cujos preços mais subiram nos últimos 12 meses

  1. Cenoura - 166,17%
  2. Tomate - 94,55%
  3. Pimentão - 80,44%
  4. Melão - 68,95%
  5. Melancia - 66,42%
  6. Repolho - 64,79%
  7. Café moído - 64,66%
  8. Mamão - 54,95%
  9. Óleo diesel - 46,47%
  10. Gás veicular - 45,54%
  11. Abobrinha - 44,99%
  12. Transporte por aplicativo - 42,74%
  13. Açúcar refinado - 40,30%
  14. Alface - 38,92%
  15. Mandioca (aipim) - 36,12%
  16. Açúcar cristal - 35,68%
  17. Laranja-baía - 34,21%
  18. Gás encanado - 33,37%
  19. Mudança - 32,98%
  20. Açúcar demerara - 31,89%
  21. Morango - 31,54%
  22. Brócolis - 30,35%
  23. Gás de botijão - 29,56%
  24. Energia elétrica residencial - 28,52%
  25. Pepino - 28,12%
  26. Fubá de milho - 28,03%
  27. Couve-flor - 27,66%
  28. Gasolina - 27,48%
  29. Revista - 27,39%
  30. Batata-inglesa - 27,15%
  31. Refrigerador - 26,25%
  32. Pneu - 25,39%
  33. Couve - 24,96%
  34. Etanol - 24,59%
  35. Óleo de soja - 23,75%
  36. Móvel para copa e cozinha - 23,54%
  37. Milho (em grão) - 23,36%
  38. Alimento para animais - 22,06%
  39. Frango em pedaços - 21,68%
  40. Óleo lubrificante - 21,53%
  41. Fogão - 21,18%
  42. Tinta - 20,79%
  43. Móvel para quarto - 20,63%
  44. Margarina - 20,09%
  45. Requeijão - 20,08%
  46. Sabonete - 19,93%
  47. Bijuteria - 19,86%
  48. Pacote turístico - 19,63%
  49. Esponja de limpeza - 19,42%
  50. Fígado - 19,04%

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários