CBDC: Jamaica distribui dinheiro a primeiros usuários da moeda digital nacional
Lorena Amaro
CBDC: Jamaica distribui dinheiro a primeiros usuários da moeda digital nacional

O governo da Jamaica está promovendo uma ação para impulsionar o uso de sua moeda digital de banco central ainda não lançada oficialmente.

Nesta semana, o governo informou que os primeiros 100.000 jamaicanos que usarem a moeda digital nacional, após o dia 1º de abril, receberão um depósito de 2.500 dólares jamaicanos, equivalentes a R$ 82. Sendo assim, o governo distribuirá um total de cerca de R$ 8.200.000.

Moeda digital da Jamaica será lançada no 2º trimestre

O anúncio foi feito pelo Ministro das Finanças e do Serviço Público, Nigel Clarke. Segundo ele, essa é uma tentativa de incentivar as pessoas a utilizarem a CBDC como uma opção para realizar transações.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Ele informou sobre a distribuição de dinheiro na abertura do Debate Orçamentário 2022/23 na Câmara dos Deputados, na terça-feira (8).

A CBDC jamaicana recebeu o nome de Jamaica Digital Exchange (JAM-DEX), e poderá ser usada tanto por famílias quanto por empresas.

A implementação da moeda digital local faz parte, segundo o governo, da transformação digital da economia da Jamaica.

De acordo com o ministro, entre maio e dezembro de 2021 o Banco da Jamaica realizou um piloto bem-sucedido. Agora, o lançamento nacional da CBDC está programado para o início do segundo trimestre.

Leia Também

Conforme destacou Clarke, este é um marco fundamental a ser alcançado pelo Governo e pelo Banco Central, que emitirá a JAM-DEX.

Além disso, o ministro informou que mais quatro provedores de carteira devem ser integrados pelo Banco Central da Jamaica em junho. Assim, o número final será de cinco provedores.

Clarke observou que quanto maior a rede que facilita o JAM-DEX, mais bem-sucedida será a moeda.

Leia Também

“Incentivaremos lojas de esquina e negócios comunitários informais e formais a estabelecer carteiras eletrônicas e facilitar pagamentos no JAM-DEX”, acrescentou.

Carteira digital para CBDC

O ministro destacou ainda que os usuários podem obter uma carteira automaticamente se já tiverem uma conta bancária.

“Se você não tiver uma conta bancária, tudo o que é necessário para configurar uma carteira habilitada para JAM-DEX são informações simplificadas do Conheça seu cliente: nome, endereço, data de nascimento, número de registro fiscal (TRN) e um identificação com foto emitida pelo governo, como carteira de motorista, passaporte ou carteira de identidade de eleitor”, acrescentou o ministro.

O aplicativo da carteira pode ser baixado pelos jamaicanos em qualquer dispositivo móvel (telefone, tablet ou similar).

Enquanto isso, a recarga poderá ser feita por meio de todos os agentes autorizados pelo governo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários