Confira como renegociar suas dívidas
FreePik
Confira como renegociar suas dívidas

Os clientes da Light que estão com contas atrasadas há mais de 90 dias terão uma oportunidade de ficar em dia com a concessionária de energia. De 14 a 18 de março, a Light fará uma campanha de negociação de dívida que dará descontos de até 95%. A ação faz parte da Semana do Consumidor, na qual diversas empresas estão ofertando facilidades aos seus clientes. Nos bancos, por exemplo, a renegociação será mediada pelo Procon-RJ de 15 a 17 de março.

De acordo com a companhia, que atua em 31 municípios fluminenses, cada cliente terá o seu caso analisado individualmente e os descontos serão concedidos de acordo com o perfil da dívida. Em alguns casos, a negociação poderá ser parcelada, via fatura de energia, em até 36 vezes sem juros, ou no cartão de crédito, em até 24 vezes.

Segundo a Light, a novidade desta campanha é que poderão participar clientes com pelo menos uma fatura vencida há mais de 90 dias e que, inclusive, possam ter parcelamento ativo junto à Light.

O gerente de cobrança da Light, Rodney Argolo, explica que esta é uma oportunidade do cliente quitar seus débitos e, se for o caso, retirar o seu nome do cadastro dos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

"Esta campanha permite que os clientes possam regularizar a sua situação junto à companhia. É uma chance única e a nossa ideia é oferecer condições muito vantajosas aos consumidores, como o parcelamento no cartão de crédito, de qualquer bandeira, em até 24 vezes", explica Argolo.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Os clientes podem solicitar atendimento na  Agência Virtual , pelo WhatsApp com auxílio da Lia, assistente virtual da companhia (21-99981-6059), nas redes sociais (Twitter @lightclientes e Facebook.com/lightclientes) e, por fim, no Disque-Light (0800-021-0196).

Procurada, a Enel, que atende 2,6 milhões de unidades consumidoras em 66 municípios do Estado do Rio de Janeiro, informou que as ações voltadas ao consumidor são realizadas no Dia do Cliente, em setembro.

Leia Também

Renegociação com bancos

O Procon Estadual do Rio de Janeiro (Procon-RJ) vai começar um mutirão de renegociação de dívidas com instituições bancárias no Dia do Consumidor, que será comemorado na próxima terça-feira (15). O evento será presencial e acontecerá na sede do órgão, no Centro da capital (Avenida Rio Branco 25, 5º andar). Já confirmaram presença no evento os bancos Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Banco Pan e BMG. A ação vai até o dia 17.

A distribuição de senhas para atendimento acontecerá das 10h às 14h. Cássio Coelho, presidente do Procon-RJ, lembra que, desde 2019, a autarquia vem realizando mutirões de renegociação de dívidas para ajudar os consumidores endividados.

Todos os bancos vão negociar dívidas de pessoas físicas relacionadas a cartões de crédito, empréstimos pessoais e outros débitos. A Caixa Econômica Federal vai atender também pessoas jurídicas e negociar dívidas de habitação.

Quem é cliente do Santander ou Bradesco só conseguirá negociar dívidas vencidas há mais de 60 dias. Já os do Itaú poderão renegociar débitos atrasados há mais de 90 dias.

É importante o consumidor ficar atento aos documentos que serão necessários para fazer a renegociação: identidade e CPF. É necessário também levar o número do cartão de crédito e da conta-corrente, assim como o contrato do empréstimo que será negociado.

Caso precise negociar em nome de terceiros, basta levar a procuração devidamente assinada, que poderá ser impressa no site do Procon-RJ, com a cópia dos documentos de identificação do titular.

Como a pandemia ainda não acabou, será exigida a apresentação do comprovante de vacinação.

Os consumidores que não puderem participar presencialmente do mutirão do Procon-RJ, poderão negociar as dívidas bancárias por meio do mutirão da Febraban, que acontecerá durante todo o mês de março pela plataforma www.consumidor.gov.br. O Procon-RJ está apoiando o evento e disponibilizou computadores em sua sede para os endividados que não têm acesso à internet e desejam se inscrever.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários