Pode até ser que o mercado da Rússia consiga correr, mas não conseguirá se esconder
Felipe Moreno
Pode até ser que o mercado da Rússia consiga correr, mas não conseguirá se esconder

O banco central russo opta por não abrir as operações na Bolsa de Valores de Moscou entre os dias 14 e 18 de março, para tentar mitigar as perdas de valor dos papéis. A exceção são algumas transações que não são de mercado aberto, e outras que usam o sistema de pagamento SPFI.

A instituição diz que o mercado de câmbio e o mercado monetário abririam às 04h (horário de Brasília) ao longo da semana que vem. O banco disse que anunciará o modo de operação para a semana seguinte em uma data posterior.

Coca-Cola, McDonald's, Disney, Toyota, Shell e muito mais empresas anunciaram alguma forma de represália à guerra entre Rússia e Ucrânia é longa. Enquanto umas decidiram fechar suas unidades, outras suspenderam serviços e aportes financeiros. Em resposta, Vladimir Putin ameaça confiscar os ativos das multinacionais que não mudarem de ideia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários