Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia
Gabriel de Paiva / Agência O Globo
Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia

A pedido dos Estados Unidos, o Brasil vai ampliar sua produção de petróleo para conter os sucessivos aumentos do preço do produto e garantir o abastecimento do mercado mundial. A informação foi dada ao jornal Valor Econômico pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.  

O ministro disse ter conversado sobre o assunto com a secretária de energia dos EUA, Jennifer Granholm, por vídeo, na última quinta-feira (10). O apelo do governo americano foi feito em meio ao  embargo ao petróleo da Rússia e às incertezas sobre os desdobramentos da guerra na Ucrânia, que está sob ataques de tropas russas há cerca de duas semanas. 

Segundo Albuquerque, a secretária de energia ressaltou a necessidade de aumentar a produção de petróleo no mundo "o mais rápido possível". Ele afirmou que os estoques de diesel nos EUA estão 20% abaixo da capacidade, enquanto os países árabes perderam 40% dos estoques.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

"Os países que têm estoque, como EUA, Japão, Índia e outros, estão liberando. Mas também tem que ter o esforço de aumento da produção. Ela [Jennifer Granholm] me perguntou se o Brasil poderia fazer parte desse esforço e eu falei: claro que pode. Já estamos aumentando a produção, enquanto a maioria dos países da OCDE, reduziu. Nós aumentamos nossa produção nos últimos três anos", disse o ministro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários