Empréstimos podem ficar mais caros
pixbay
Empréstimos podem ficar mais caros

Os contratos de juros de referência para empréstimos e financiamentos subiram nesta sexta-feira (11), após a entrada em vigor do  aumento no preço dos combustíveis pela Petrobras e a divulgação da maior inflação para fevereiro desde 2015 .

As taxas de Depósitos Interbancários (ID) de curto prazo subiram 13,1% ao ano, alta de 0,2 ponto eprcentual em relação à última quarta-feira (9), antes do anúncio dos aumentos pela Petrobras.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Embora os contratos de DI sejam negociados apenas entre bancos, eles servem de referência para os empréstimos e financiamentos ao consumidor final.

Esta alta indica que o mercado está esperando um aumento mais agressivo na taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários