Bolsonaro e Guedes
O Antagonista
Bolsonaro e Guedes

A nova pesquisa do XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira (11), mostra que o pessimismo impera entre os brasileiros quando o assunto é inflação. A maioria da população (63%) acredita que os preços seguirão subindo nos próximos meses de 2022. 

Outra pesquisa, da Quaest/Genial , divulgada na manhã desta quarta-feira (9) mostra que oito em cada dez brasileiros estão insatisfeitos com a maneira com que o presidente Jair Bolsonaro lida com a inflação. 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, subiu 0,54% em janeiro, segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este foi o maior resultado para o mês de janeiro desde 2016 (1,27%). 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. 

Nos últimos 12 meses, o IPCA acumula alta de 10,38%, acima dos 10,06% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores.

Em 2021, a inflação oficial foi de 10,06%, sendo a maior alta desde 2015.

Leia Também

O mercado financeiro aumentou mais uma vez a previsão de inflação para este ano . Segundo projeção do Boletim Focus, o IPCA deve fechar 2022 em 5,44%. É a quarta vez que se projeta alta da inflação para 2022. Há uma semana, a estimativa do mercado era de que a inflação terminasse o ano em 5,38%. Há quatro semanas a previsão era de 5,03%.

Para 2023, analistas mantiveram a expectativa da semana passada em relação ao IPCA. A projeção desta semana aponta uma inflação de 3,50%. Há duas semanas, o cálculo era de 3,40% no próximo ano. Em 2024, a projeção é a mesma das últimas semanas: inflação de 3%.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários