Ônibus da Viação Itapemirim
Gabriel Araújo
Ônibus da Viação Itapemirim

Em dezembro, a Viação Itapemirim pediu à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres)  a suspensão de 16 rotas de ônibus interestaduais. Ontem (27), no dia que as linhas parariam de funcionar, a empresa decidiu recuar da decisão e optou pelo cancelamento do pedido. 

As linhas, que atendem 73 mercados, não chegaram a ser paralisadas porque a empresa avaliou ser possível continuar com a operação, e a ANTT aceitou. 

"A ANTT reafirma seu papel de regular e fiscalizar o setor de transportes terrestres no Brasil e o compromisso em manter sempre a continuidade e disponibilidade dos serviços, que devem ser prestados com qualidade e segurança à população", afirmou a agência, em comunicado.


Leia Também

Veja as linhas que seriam interrompidas:

  • Areia (PB) – Recife (PE)
  • Belo Horizonte (MG) – Recife (PE)
  • Brasília (DF) – Maceió (AL)
  • Cachoeiro De Itapemirim (ES) – Campos Dos Goytacazes (RJ)
  • Caldas Novas (GO) – Maceió (AL)
  • Feira De Santana (BA) – Fortaleza (CE)
  • Recife (PE) – Barra Do Garças (MT)
  • Recife (PE) – Curitiba (PR)
  • Recife (PE) – Foz Do Iguaçu (PR)
  • Recife (PE) – Rio De Janeiro (RJ)
  • Recife (PE) – São Paulo (SP)
  • Rio De Janeiro (RJ) – Teresina (PI)
  • Salvador (BA) – Sobral (CE)
  • São Paulo (SP) – João Pessoa (PB)
  • São Paulo (SP) – Santa Cruz Do Capibaribe (PE)
  • Teresina (PI) – Belém (PA)

Já as viagens aéreas da Itapemirim permanecem suspensas. No dia 17 de dezembro,  a empresa anunciou a suspensão das suas operações, prejudicando milhares de passageiros.

Neste mês, a  Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) proibiu a empresa de vender passagens áereas. A decisão se mantém até que a companhia cumpra todas as ações corretivas para os consumidores afetados, como reacomodação e reembolso integral dos bilheres.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários