Receita Federal: mais 44 servidores anunciam
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Receita Federal: mais 44 servidores anunciam "renúncia coletiva"

A insatisfação dos servidores da Receita Federal após a aprovação do Orçamento de 2022 na última quarta-feira (22) acaba de ecoar em mais uma entidade do órgão: no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). Nesta quinta, 44 conselheiros fazendários anunciaram uma "renúncia coletiva" de seus cargos. O número, no entanto, ainda deve subir durante o dia, segundo o Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional). A informação é do UOL .

Os conselheiros se dizem perplexos com o "descaso" do governo pela demora no reajuste do bônus de eficiência, que já está congelado há cinco anos. A reação se une ao movimento iniciado ontem, quando  500 servidores da Receita pediram exoneração de seus cargos , um dia após o Orçamento ser aprovado pelo Congresso Nacional. O relatório cortou verbas do órgão, enquanto concedeu reajuste salarial para policiais federais.

Os trabalhadores acreditam que os recursos para pagar o aumento dos salários dos agentes de segurança saíram justamente do orçamento da Receita. Segundo eles, o montante inicial destinado ao órgão era de R$ 2,189 bilhões, mas caiu para R$ 1,063 bilhão — 51,4%, ou R$ 1,126 bilhão a menos. O valor reservado para o pagamento dos policiais federais é de R$ 1,74 bilhão.

O Sindifisco Nacional convocou para hoje uma  série de assembleias que podem decidir por uma greve geral.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários