Reprodução Twitter
"Economia voltou em V", diz Guedes

O Ministério da Economia divulgou um vídeo nesta quinta-feira (22) em que Paulo Guedes classifica 202 como "ano da travessia, o ano da virada". Segundo ele, o Brasil "Voltou em V" após a pandemia do novo coronavírus. 

"2021 foi o ano da travessia, o ano da virada. Um ano difícil, de muita luta, mas estamos chegando ao fim agora. Quero agradecer muito a todos vocês porque em 2020 nós fomos atingidos por uma terrível pandemia, perdemos familiares, amigos, muita gente. A Economia sofreu um impacto terrível", lamenta Guedes.

Em seguida, o ministro lembra da queda de 4,1% no PIB (Produto Interno Bruto) e da perda de empregos provocados pela Covid-19. 

Guedes diz que os brasileiros "precisam ter orgulho" da gestão da sua pasta que digitalizou 68 milhões de pessoas que receberam o auxílio emergencial. O ministro, no entanto, ignora que destes, apenas 14,6 milhões migraram para o Auxílio Brasil. 

"Em 2021, graças a esse trabalho, do presidente Bolsonaro, equipe de ministros, a economia voltou em V", afirma Guedes que, dias atrás, negou que que tivesse prometido crescimento em V: "Não vendo ilusões" , disse na ocasião.

Leia Também

Guedes diz ainda que o Brasil cresceu 5% este ano, apesar do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) confirmar que o país vive uma recessão técnica , ou seja, passou por dois trimestres seguidos de queda no PIB.

A inflação, que atingiu dois dígitos em 2021, o que não ocorria desde 2015, também foi abordada por Guedes: 

"O Brasil ficou mais pobre como o mundo inteiro ficou mais pobre com essa inflação que subiu, e subiu no mundo inteiro."

O país, no entanto, tem a terceira pior inflação dos países do G20 , atrás apenas da Turquia e da Argentina. 

Veja o vídeo


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários