Auxílio Brasil de R$ 400 não compra cesta básica em nenhuma capital do país
Reprodução: iG Minas Gerais
Auxílio Brasil de R$ 400 não compra cesta básica em nenhuma capital do país

O Auxílio Brasil , que vai substituir o Bolsa Família, terá parcelas de R$ 400 até dezembro de 2022. Apesar do farto reajuste, o benefício não é capaz de bancar uma cesta básica em nenhuma capital do país, de acordo com a Pesquisa Nacional de Cesta Básica do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos.

A cesta básica mais barata do Brasil é a de Aracaju, custando mais de R$ 454, segundo a pesquisa. A mais cara foi a de São Paulo, por R$ 673,45, seguida pelas de Porto Alegre R$ 672,39, Florianópolis R$ 662,85 e Rio de Janeiro R$ 643,06. 

A ideia é que 17 milhões de famílias recebam o dinheiro. Para ter direito é necessário estar cadastrado no CadÚnico e estar abaixo da linha de pobreza ou extrema pobreza. A linha de extrema pobreza passa de R$ 89 para R$ 93 por mês, já a linha de pobreza passa de R$ 178 para R$ 186 mensais.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários