O presidente da Câmara também garantiu votação da PEC dos Precatórios em
Reprodução TV Senado/Itália
O presidente da Câmara também garantiu votação da PEC dos Precatórios em "até dez dias"

O presidente da Câmara, Arthur Lira, garantiu à CNN que o  Auxílio Brasil não vai ultrapassar o valor de R$ 400 estipulado pelo governo federal. A ideia é que o benefício comece a ser pago em 1º de novembro, após o fim do auxílio emergencial.

Para isso a  PEC dos precatórios precisa der aprovada no Congresso. Lira garantiu ao líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), que a Casa vai analisar a PEC em até 10 dias. O texto está na pauta da Câmara para esta terça-feira (26).

A PEC abre o espaço necessário no Orçamento para aprovar o benefício "dentro do teto de gastos" . Isso porque a regra que calcula o limite fiscal será alterada a fim de dar maior poderio ao governo no ano que vem. 

No Senado, no entanto, a rejeição à  PEC é crescente e começa ser ventilada a possibilidade de rejeição, apresar do presidente, Rodrigo Pacheco, ter garantido que não vai trabalhar para barrar o texto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários