Rompimento da barragem de Brumadinho
Jornal Nacional
Rompimento da barragem de Brumadinho

Familiares dos 250 trabalhadores que morreram no rompimento da Barragem B1, da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, fecharam acordo de indenização com a mineradora Vale, de acordo com a própria empresa. As informações são do jornal Estado de Minas.

Atualmente, a Vale contabiliza mais de 680 acordos trabalhistas, que envolvem 2,4 mil pessoas e correspondem a um total de R$ 1,1 bilhão. Segundo a empresa, as indenizações têm como base o acordo assinado com o Ministério Público do Trabalho, que contou com a participação dos sindicatos.

"No total, entre cíveis e trabalhistas, já foram firmados 5,5 mil acordos, envolvendo 11,2 mil pessoas, o que resultou no pagamento de mais de R$ 2,4 bilhões. Os números reafirmam o compromisso da Vale em indenizar de forma rápida e definitiva todos aqueles que sofreram algum impacto pelo rompimento da barragem ou pelas evacuações", disse a empresa, em nota.

Apesar da Vale afirmar que faz esforços para indenizar e auxiliar familiares das vítimas,  sindicatos ainda batalham para conseguirem valores e medidas que consideram justos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários