Auxílio Brasil não pode contar com recursos da reforma do IR, diz Pacheco
Reprodução / Twitter @rpsenador
Auxílio Brasil não pode contar com recursos da reforma do IR, diz Pacheco

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, afirmou nesta terça-feira (5) que o governo não pode contar com a reforma do Imposto de Renda para bancar o aumento do Bolsa Família, que será rebatizado para Auxílio Brasil. O projeto segue nas mãos do relator Angelo Coronel e não deve ser votado em outubro.

Segundo Pacheco, a responsabilidade não pode "cair no colo do Congresso Nacional". "Essa discussão não calha, temos de ter uma discussão técnica, responsável, e encontrarmos caminho para o Bolsa Família", acrescentou.

"Não nos parece razoável discutirmos um novo modelo de IR a pretexto de que essa é a condição única para termos um novo Bolsa Família. Temos de buscar alternativas. O Bolsa Família é fundamental, mas temos de ter a criatividade e saber que há uma arrecadação elevada hoje, que temos outras medidas capazes de fazer valer como fonte de custeio", declarou.

Leia Também

O Ministério da Economia prevê angariar recursos com a taxação de lucros e dividendos e com isso aumentar o espaço fiscal para incluir o novo programa, que deve pagar R$ 300, em vez dos R$ 189 atuais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários