Paulo Guedes é o ministro da Economia no governo Bolsonaro
MARCOS CORRÊA/ PR
Paulo Guedes é o ministro da Economia no governo Bolsonaro


Diante do atual cenário econômico do país, com a piora das expectativas sobre o desempenho do Brasil no setor , a estimativa é de que o Produto Interno Bruno (PIB) per capita fique 7,5% abaixo do pico alcançado em 2013. A recuperação aos níveis daquele ano pode levar quase uma década, como indica um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV).


O PIB per capita é a soma de tudo o que o Brasil produz dividido pelo número de habitantes e serve como parâmetro para avaliar os níveis de bem estar e renda dos países. O G1 contextualiza que no ano passado, quando a pandemia teve início em território nacional, o PIB per capita caiu 4,8%, maior queda registrada em 25 anos. 


De acordo com o Ibre/ FGV, que considera as últimas projeções para o crescimento da economia brasileira, a estimativa é de que ele cresça 4,1% neste ano, o que fará com que o brasileiro termine 2021 ainda 0,9% mais pobre em comparação com o registro de 2019 e 7,5% abaixo do pico, registrado em 2013.



A projeção para 2022 ainda é negativa, com expectativa de crescimento de apenas 0,8%, o que é 0,1% inferior ao índice pré-pandemia. Com isso, o nível de riqueza de 2019 deve ser alcançado apenas em 2023.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários