Empresa cresce após estabelecer aumento do salário mínimo de seus funcionários
Divulgação
Empresa cresce após estabelecer aumento do salário mínimo de seus funcionários

O dono e CEO da empresa americana Gravity Payments, especialista em processamento de cartões de crédito e serviços financeiros, descobriu que uma das suas funcionárias estava secretamente com um segundo trabalho, pois o salário que recebia não dava para pagar as contas.

Foi quando o empresário Dan Price decidiu mudar radicalmente a sua política de RH. Decidiu adotar o salário mínimo de US$ 70 mil por ano (R$ 375 mil, ou cerca de R$ 31 mil por mês) na empresa. Ele mesmo resolveu cortar o seu salário de R$ 6 milhões anuais e passou a receber o mesmo que os seus empregados. Ele também vendeu a sua segunda casa para aplicar na companhia.

Seis anos depois da medida drástica, o empresário de 31 anos afirmou que a corporação agora está prosperando incrivelmente. A Gravity Payments quase dobrou o número de funcionários e triplicou a receita comercial.

Como resultado, a taxa de rotatividade foi cortada pela metade, o que significa que a equipe está cada vez mais apta a fornecer o melhor suporte aos clientes da empresa.

"O conhecimento deles sobre como apoiar nossos clientes disparou ao longo do tempo e foi isso que realmente pagou pelo aumento, mais do que meu corte de pagamento", disse Price, em reportagem no "Sun".

Criado em família conservadora de Idaho (EUA), Price se tornou um expoente da luta contra as desigualdades nos EUA.

"As pessoas estão morrendo de fome ou sendo demitidas ou exploradas, para que alguém possa ter uma cobertura no topo de uma torre em Nova York com cadeiras de ouro. Estamos glorificando a ganância o tempo todo como sociedade, em nossa cultura", disse o generoso empresário, que teve sido inspiração para outros homens de negócio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários