Bolsonaro anuncia volta do Ministério do Trabalho e oficializa Ciro Nogueira como ministro da Casa Civil
Sophia Bernardes
Bolsonaro anuncia volta do Ministério do Trabalho e oficializa Ciro Nogueira como ministro da Casa Civil

O presidente Jair Bolsonaro justificou a aproximação do Centrão com a necessidade de aprovar o novo Bolsa Família. Em entrevista à rádio ABC, de Novo Hamburgo (RS), voltou a defender o posto de Ciro Nogueira, na Casa Civil, a fim de melhorar a "governabilidade" e o "diálogo com o parlamento". 

"Eu duvido alguém aprovar qualquer projeto sem o chamado Centrão (...). Eu preciso da maioria qualificada do parlamento para aumentar o Bolsa Família, que eu espero que seja acima de R$ 300", disse Bolsonaro.

Ele também mencionou a ida de Onyx Lorenzoni para a recém-criada pasta da Previdência e Trabalho. Segundo Bolsonaro, a presença do seu "coringa" visa "criar mais empregos". 

O presidente também lamentou a frente fria que atingiu plantações no Rio Grande do Sul e no Paraná, que ajudarão a pressionar a inflação dos alimentos.

Também negou a possibilidade de retomar o horário de verão, para ele, a medida não traz redução de energia, mas admitiu que se for vontade da maioria, pode reverter ao regime, como era em 2019. Completou que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, descarta a possibilidade de racionamento em 2021. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários