Transferência de renda pode ser considerada um sucesso, uma vez que pagamentos indevidos representam apenas 0,08% do total
Reprodução: iG Minas Gerais
Transferência de renda pode ser considerada um sucesso, uma vez que pagamentos indevidos representam apenas 0,08% do total

A Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU) identificaram R$ 249 milhões pagos indevidamente durante as rodadas de transferência de renda do auxílio emergencial . O valor pode parecer alto, mas representa apenas 0.08% do total transferido: R$ 294 bilhões, segundo a Veja.

Além disso, cerca de R$ 15 milhões desviados “já foram devolvidos”, informa o Ministério da Cidadania em documentos enviados à CPI da Covid.

No total, foram beneficiados 68,2 milhões de adultos inscritos no cadastro único de programas sociais (CadÚnico). São feitas revisões mensais para apurar irregularidades no programa. Só em 2021, foram mais de  2 milhões de cancelamentos.

Até o momento, são 39,3 milhões de famílias foram contempladas pelo programa em 2021. A pasta informou ainda que abrirá processo de contestação e de novos cadastros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários