Auxílio emergencial: Ministério corta benefício de 2 milhões de pessoas em 2021
Reprodução: ACidade ON
Auxílio emergencial: Ministério corta benefício de 2 milhões de pessoas em 2021

A cada nova rodada de pagamentos do auxílio emergencial , o governo faz um novo pente-fino . Esse ano, o Ministério da Cidadania informa que já foram mais de 2 milhões de pessoas que perderam o benefício. Só em junho foram mais de 1,1 milhão

Até o momento, são 39,3 milhões de famílias foram contempladas pelo programa em 2021. A pasta informou ainda que abrirá processo de contestação e de novos cadastros. 

Quando o governo lançou novamente o programa, em 2021, foi projetado um valor de R$ 11 bilhões por mês e o atendimento de 45,6 milhões de pessoas. Com os cortes, o governo reduziu os gastos com o programa de R$ 8,9 bilhões, em abril, para R$ 8,85 bilhões, em maio, e terminou em R$ 8,5 bilhões em junho, de acordo com a Folha de São Paulo.

Na segunda-feira (5), o governo anunciou mais três meses de pagamentos . A pasta do ministro João Roma diz que seguirá cancelando benefícios irregulares, segundo critérios da CGU (Controladoria Geral da União), e em caso de indícios de pagamentos indevidos.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários