Auxílio emergencial pode ser prorrogado de novo, segundo Paulo Guedes
Fenae
Auxílio emergencial pode ser prorrogado de novo, segundo Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes , disse em entrevista ao jornal O GLOBO que o governo já "tem recursos separados" para uma possível nova ampliação do auxílio emergencial .

Segundo Guedes , "Isso pode acontecer (a prorrogação da nova rodada do auxílio ). Tem recursos já separados para isso. O que a gente sabe é que quando ele acabar, ele tem que aterrissar no Bolsa Família mais robusto e permanente. Tem que ser bem financiado."

Ele não citou qual seria o financiamento e de onde sairia esse dinheiro supostamente guardado para uma nova ampliação do benefício. No Orçamento de 2021 , não há dinheiro disponível para o auxílio emergencial além das quatro parcelas já em andamento, então seria preciso fazer algum remanejamento ou flexibilizar o teto de gastos.

Em 2021, o auxílio tem valores menores do que os do ano passado justamente por conta de seu impacto fiscal, pesado para os cofres públicos. Os brasileiros chegaram a ficar meses sem receber nada neste ano porque o governo alegava não ter dinheiro, até o encaminhamento de acordos do Orçamento com o Congresso.

Além do auxílio, Guedes também falou ao GLOBO sobre outros assuntos, como a agenda de reformas e um projeto de bônus a desempregados que fizerem cursos de capacitação profissional, que seriam de R$ 200 a R$ 300 , segundo ele. O ministro disse ainda que o apoio do presidente Jair Bolsonaro à agenda liberal diminuiu e que precisa "lutar dez vezes mais do que pensei" no Ministério da Economia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários