null
Luciano Rocha
undefined


Em 2021, o Brasil será o país com o pior desempenho econômico dentre as dez economias mais desenvolvidas do mundo . A recente marca de 400 mil mortes pela Covid-19  deve atrapalhar qualquer projeção de restabelecimento.

De acordo com as diferenças de custo de vida entre os países, medido pelo PPC (paridade de poder de compra), os economistas Claudio Considera e Juliana Trece, do FGV Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas), estimaram que o Brasil deve manter em 2021 a 8ª posição pelo terceiro ano seguido. Em 2018, era o sétimo colocado.

A pesquisa encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo, com dados divulgados em abril pelo FMI (Fundo Monetário Internacional),  mostra que o país conseguiu reduzir a distância para a maioria dos países que estão à sua frente, exceto em relação a China e Indonésia, que tiveram desempenho econômico melhor.

Você viu?



Ainda assim, as sete maiores economias do planeta terão performance superior à brasileira. Pelo critério do PPC, a China é a maior economia mundial, seguida pelos EUA, Índia, Japão, Alemanha, Rússia, Indonésia, Brasil, Reino Unido e França. Os dois últimos colocados podem ultrapassar o Brasil visto a  desaceleração econômica e a lentidão na vacinação por aqui, enquanto a Europa já iniciou a reabertura gradual e segura do comércio.


Outros números


O FMI estima que o Brasil deva crescer 3,6% este ano , enquanto o ministério da Economia prevê 3,2%,  o Banco Mundial 3% e o mercado 3,9%. A média mundial é de, pelo menos, 6%, segundo o Fundo.

Em 2020, o PIB do Brasil caiu 4,1%. A média mundial é de 3,3%. A desvalorização da moeda também foi de cerca de 30% , um dos piores desempenhos internacionais.

Em 2020, a cotação dólar/real foi de R$ 4,03 para R$ 5,20. As expectativas do mercado indicam uma taxa de R$ 5,40 no final deste ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários