Bolsonaro autorizou a retomada do auxílio quatro meses após a interrupção do pagamento
Agência Brasil
Bolsonaro autorizou a retomada do auxílio quatro meses após a interrupção do pagamento

O governo do presidente Jair Bolsonaro é reprovado por 58% da população que recebeu o auxílio emergencial em 2020 e aprovado por 30% dos entrevistados. Outros 12% não souberam responder. A pesquisa foi realizada pelo Poder Data e divulgada nesta quinta-feira (29).

A relação entre a pesquisa com beneficiários e da população em geral é parecida. Nos últimos estudos de institutos de pesquisa, Bolsonaro aparece com 58% de reprovação.

Entre os não beneficiários do auxílio, 57% dos entrevistados reprovaram o governo federal. Outros 38% disseram estar satisfeitos com a gestão do Palácio do Planalto .

A pesquisa ainda questionou os entrevistados sobre a avaliação pessoal do presidente da República. No levantamento, 51% reprovam Jair Bolsonaro no comando do país, enquanto 26% veem o presidente como ótimo gestor e 19% apontam Bolsonaro como regular.  

O estudo foi realizado entre segunda-feira (26) e quarta-feira (28), com 2.500 entrevistados de 482 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários