Principal economista do FMI diz que vacinas são ‘principal arma’ para recuperação econômica
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Principal economista do FMI diz que vacinas são ‘principal arma’ para recuperação econômica


Um grupo de empresários vem atuando na intermediação de negociações entre o Brasil e outros países, entre eles os EUA , com o objetivo de facilitar a compra de vacinas excedentes pelo governo brasleiro.

Você viu?

Na semana passada, presidentes de multinacionais americanas que atuam no Brasil, como Whirlpool (dona de Cônsul e Brastemp) e Google, enviaram uma carta ao embaixador dos EUA Todd Chapman, pedindo prioridade ao país na destinação de vacinas excedentes daquele país.


Em outra frente, o movimento Unidos pela Vacina — que também estaria articulando negociações internacionais para ajudar a trazer doses excedentes de outros países para o Brasil — já lidera ações em vários estados para viabilizar uma parceria público-privada para agilizar a vacinação . Participam da iniciativa empresas como Natura, BRK Ambiental, Positivo e Energisa, entre outras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários