João Doria (PSDB), governador do estado de São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
João Doria (PSDB), governador do estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), criticou a decisão tomada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de trocar o comando da Petrobras . Nesta segunda-feira (22), o tucano disse que as ações de Bolsonaro estão diferentes do seu discurso.

"Um intervencionismo desnecessário e condenável na Petrobras. Bolsonaro se elegeu com discurso liberal, não intervencionismo, praticado pelo ministro da fazenda, mas foi só discurso. Na prática, está fazendo intervenções sucessivas na economia, no mercado e na principal estatal brasileira", disse Doria, de acordo com o Uol.

O governador também comentou a queda no valor das ações da Petrobras nesta segunda-feira . "A reação está aí, na B3: uma queda da Petrobras, nas ações internacionais também e queda da credibilidade do Brasil, que desrespeita o princípio básico de seguir regras do mercado, não regras populistas, de interesse eleitoral ou de ordem política. Lamento que Bolsonaro mais uma vez tenha confrontado o discurso que o elegeu com a prática que ele se mantém no poder", afirmou.

Depois de discordâncias a respeito da política de preços dos combustíveis, Bolsonaro anunciou, na sexta-feira (19), a troca da presidência da Petrobras. Para substituir Roberto Castello Branco , o chefe do executivo indicou o general Joaquim Silva e Luna

A decisão, que ainda precisa passar pelo Conselho de Administração da Petrobras , teve recepção negativa do mercado. Nesta manhã, as ações da estatal na B3 despencaram quase 20%, além de terem caído cerca de 16% na bolsa de Nova York .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários