Valor do auxílio ainda não está definido, nem quem recebe
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Valor do auxílio ainda não está definido, nem quem recebe


O presidente da Câmara dos Deputados , Arthur Lira (PP-AL), disse nesta quinta-feira (11) que a situação de trabalhadores afetados economicamente pela pandemia de Covid-19 "está ficando crítica " e cobrou do governo uma alternativa para o auxílio emergencial .

Lira afirmou que "urge" que o ministro da Economia , Paulo Guedes, encontre uma solução.

“Se nós tivermos alguma 'excepcionalização' com relação à calamidade pandêmica, acho que o governo tem os mecanismos para solucionar isso rápido”, disse o presidente da Câmara.

“Mas urge que o ministro Guedes nos dê, com sensibilidade do governo, uma alternativa viável dentro dos parâmetros da economia como ele pensa e como a sociedade deseja. A situação está ficando crítica na população e a gente tem que encontrar uma alternativa”, acrescentou.

Lira ressaltou que qualquer solução deve respeitar o teto de gastos , que impede o crescimento das despesas do governo acima da inflação do ano anterior.

“Nada fora do teto. Não há possibilidade de fazer nenhum movimento que quebre as regras que nós mesmos criamos de legislação a não ser com a pandemia, com uma segunda onda muito grave, que o governo teria seus mecanismos para 'startar'”, afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários