símbolo da justiça
shutterstock
Apenas 2% de processos relacionados à Covid-19 foram encaminhados para Varas de Trabalho


De acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), 14 mil brasileiros enfrentaram irregularidades trabalhistas e entraram na Justiça do Trabalho contra empresas devido à pandemia do novo coronavírus . Foram 14.286 ações nas Varas de Trabalho relacionadas à Covid-19 até o mês de julho.


O aumento do número de processos foi maior nos meses de abril e maio que, respectivamente, somam 2.559 e 4.260 casos. Mesmo assim, isso representa 2% do total de ações, que somam 851.302, reportadas às Varas de Trabalho.

Entre os principais motivos, estão o pedido de liberação do FGTS e aviso prévio, além de medo de as empresas irem à falência e condições de trabalho em meio à pandemia.

No entanto, pedidos de doença aumentaram 331%. Desse número, 66,5% está relacionado à Covid-19.

No entanto, houve diminuição nos meses de junho e julho de aproximadamente 43%.

Os estados campeões em números de ações trabalhistas relacionados à Covid-19 são Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O que pode explicar isto é o fato de que existem muitos frigoríficos nos estados, setor que foi impactado pela contaminação . Estima-se que metade dos trabalhadores desses estados operam em frigoríficos.

    Veja Também

      Mostrar mais