pix
Divulgação Banco Central
PIX BC

O presidente  Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter para falar sobre o PIX. Segundo ele, os cadastros para o sistema de pagamentos poderão ser feitos a partir do dia 5 de outubro. A informação já havia sido confirmada pelo Banco Central (Bacen) na semana passada.

PIX, novo sistema de transações digitais do Banco Central “vai permitir transferências eletrônicas em tempo real a qualquer momento do dia ou da noite, inclusive aos finais de semana e feriados”, disse  Bolsonaro.


No final de julho, o CriptoFácil relatou que o  Banco Central antecipou a data de lançamento do PIX. Originalmente programado para outubro, o sistema foi antecipado para novembro. A data específica, porém, foi revelada apenas agora.

O PIX está sendo visto como o “assassino” dos atuais sistemas de DOC e TED. A novidade promete ser mais rápida, barata e prática, funcionando 24 horas por dia e 7 dias por semana.

Neste último aspecto, o PIX lembra os sistemas de transferência de criptomoedas, como o Bitcoin.

O custo do sistema também foi divulgado pelo  Banco Central. O uso do PIX custará R$ 0,01 a cada 10 transações. Em contraste, muitas instituições chegam a cobrar R$ 14,90 por uma TED.

A solução vem sendo observada por outras empresas, que buscam criar produtos em cima do PIX. As companhias telefônicas, por exemplo, buscam disponibilizar carteiras digitais para os seus clientes.

TIM foi a primeira operadora a manifestar essa intenção. Para o vice-presidente de estratégia e transformação da  TIM, Renato Ciuchini, o PIX ajudará a melhorar a experiência do cliente.

“Minha estimativa é que as operadoras do Brasil gastem, entre arrecadação de fatura e de recarga, em torno de R$ 1 bilhão por ano. [Com o PIX] existiria melhora de experiência do cliente, na eficiência e nos custos. Participamos do grupo de trabalho do Banco Central e estamos nos preparando para ingressar e usar o PIX como meio de pagamento dos nossos serviços. Vemos isso como grande oportunidade nos próximos meses e em 2021”.

    Veja Também

      Mostrar mais