calculadora
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Taxa básica dos juros chega a 2,25% ao ano, menor valor desde 1999

A taxa básica de juros do País caiu de 3% para 2,25% ao ano nesta quarta-feira (17). Esta foi a oitava redução consecutiva definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (Copom)

Leia mais:

Petrobras quer manter metade de sua administração em home office permanente
Brasil vai superar a pandemia, diz Guedes em reunião com instituição americana
Câmara aprova texto da MP que afrouxa regras trabalhistas durante a pandemia

Com isso, a taxa Selic alcança seu menor patamar desde 1999, quando passou a acompanhar as metas de inflação do País. A decisão do Copom considerou a queda da economia mundial em função da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) e os seus impactos nos índices de inflação.

Produto Interno Bruto

O Produto Interno Bruto ( PIB ) do Brasil deve apresentar uma queda de pelo menos 4,7% em 2020, segundo admite o próprio governo federal. Já o mercado financeiro aponta que esse recuo pode chegar a 6,5%.

Uma deflação foi observada no mês de maio, uma vez que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo ( IPCA ) registrou queda 0,38%. Foi o segundo mês consecutivo de recuo nos preços e o menor índice desde agosto de 1998. Os preços menores são consequência da forte queda da atividade econômica. 

Segundo previsões do mercado financeiro, o IPCA vai fechar este ano a 1,60%, muito abaixo do piso de 2,5% previsto pelo sistema de metas. Quando a meta da inflação do ano não é cumprida, ela teria que ficar entre 2,5% e 5,5% em 2020 para isso acontecer, o BC tem que publicar uma carta apresentando as razões do descumprimento.


    Veja Também

      Mostrar mais