Brasil Econômico

Cartões de crédito
Torange-PT/Creative Commons
Cartão de crédito é o método mais escolhido pelos brasileiros que não vão fazer pagamentos à vista


Mesmo com os juros mais altos do mercado em caso de atraso no pagamento, o cartão de crédito tem sido, cada vez mais, escolhido pelos brasileiros dentro de outras possibilidades de compras com crédito.

Leia também: Com novo aumento, preço da gasolina nas refinarias já subiu 31% neste ano

Só em fevereiro, de acordo com dados do Indicador de Uso do Crédito, apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), quatro em cada dez brasileiros (37%) recorreram ao cartão de crédito para fazer compras mensais. 

A preferência pelo uso do cartão ficou muito na frente das outras modalidades de crédito, como o crediário (10%) e o limite do cheque especial (9%). Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, as facilidades oferecidas pelo cartão de crédito e o aumento da sua aceitação pelos estabelecimentos comerciais são as principais razões para a liderança no ranking.

Confira a lista:

  • Cartão de crédito: 37%
  • Crediário: 10%
  • Limite do cheque especial: 9%
  • Empréstimos: 7%
  • Financiamentos: 5%

Ao todo, 44% dos consumidores utilizaram, ao menos, uma dessas opções de crédito ao longo do mês de fevereiro, ante 56% que não usaram nenhuma. Apesar do grande uso do cartão, Pellizzaro Junior alerta que é preciso tomar cuidado com o endividamento: "É preciso ter cuidado para evitar o endividamento excessivo que pode levar ao não pagamento da fatura, aumentando muito o valor da dívida inicial em razão dos juros cobrados pelo atraso", afirma. 

Leia também: Só há recursos para bancar o Minha Casa Minha Vida até junho, diz ministro

Isso porque, entre esses quatro brasileiros que escolhem usar o cartão de crédito, um deles  (25%) entrou no rotativo em fevereiro, que é uma das modalidades de empréstimo mais caras do mercado - no mês pesquisado, os juros  estavam em 296% ao ano. Outros 73% dos consumidores, entretanto, conseguiram pagar o valor integral da fatura do mês.

Cartão de crédito é cada vez mais usado para despesas básicas

O levantamento da CNDL e do SPC Brasil aponta, também, que o cartão de crédito tem sido usado cada vez mais para de despesas básicas do mês. As compras de alimentos no cartão aparecem em primeiro lugar, feitas por 66% dos entrevistados. Em seguida aparecem compras de remédios (46%) e roupas e calçados (36%).

Leia também: Brasil fechou mais de 43 mil vagas formais de emprego em março, aponta Caged

  • Alimentos: 66%
  • Compras de Remédios: 46%
  • Roupas e Calçados: 36%
  • Combustíveis: 35%
  • Idas a bares e restaurantes: 29%
  • Assinatura de serviços de streaming, como conteúdo de vídeo e áudio, e revistas: 19%


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários