Tamanho do texto

A votação da reforma na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) estava prevista para o dia quarta-feita (17), mas foi adiada para a próxima semana

Bolsonaro
Alan Santos/PR
Jair Bolsonaro comentou em seu Twitter a reforma da Previdência e indicou ferramenta para cálculo da aposentadoria

O presidente Jair Bolsonaro publicou nesta sexta-feira (19) uma mensagem em sua conta no Twitter sobre a reforma da Previdência. Na publicação, defende que a reforma garantirá que “quem ganha menos, pagará menos e quem ganha mais, pagará mais”.

Bolsonaro ainda cita o serviço disponível na página do Ministério da Economia que faz o cálculo da aposentadoria de acordo com as regras da reforma da Previdência .

Leia também: Adiamento da votação da Previdência faz Bolsa despencar e dólar subir

Na última quarta-feira (17), o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, confirmou que o governo aceitou negociar pontos da reforma da Previdência para facilitar a aprovação do texto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.

Leia também: Centrão propõe mudar PEC da Previdência já na CCJ para acelerar votação

“Tivemos uma primeira conversa com membros de vários partidos, que têm algumas restrições ao projeto como ele se encontra. Iniciamos um diálogo, mas não existe meio acordo. O acordo tem que ser feito por inteiro. Vamos continuar a conversar”, declarou o secretário.

Originalmente, a votação da reforma da Previdência na CCJ estava prevista para o dia 17, mas foi adiada para a próxima semana .