Tamanho do texto

Sudeste reúne maior parte das micro e pequenas empresas inadimplentes no Brasil; número de empresas da região Centro-Oeste endividadas cresceu

Região Sudeste concentra a inadimplência de empresas no Brasil, com mais de uma em cada duas endividadas.
Reprodução
Região Sudeste concentra a inadimplência de empresas no Brasil, com mais de uma em cada duas endividadas.

Mais de 5,6 milhões de empresas de todos os portes ficaram com dívidas em atraso no mês de setembro. O número consta de balanço divulgado nesta terça-feira (30) pelo Serasa e representa o novo recorde da inadimplência de empresas no Brasil – considerando todos os levantamentos, que começaram a ser realizados em março de 2016.

Leia também: Taxa de desemprego cai para 11,9% no terceiro trimestre, a menor do ano

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o acréscimo foi de 8% e, em relação ao mês anterior, agosto deste ano, o número de CNPJs inadimplentes no País subiu 0,5%. A região Sudeste é a que concentra a maior inadimplência de empresas no País.

Entre micro e pequenas empresas, o número também representa recorde negativo, conforme aponta o estudo realizado pelo Serasa Experian . Chega a 5,327 milhões o total de MPEs (micro e pequenas empresas) com dívidas atrasadas.

Para as  empresas de micro e pequeno porte, o avanço da inadimplência é ainda maior que no geral, chegando a 10,2% diante do mesmo mês de 2017 (4,834 milhões). Em relação a agosto deste ano, mês anterior à pesquisa, houve alta de 1%.

Nos setores de mercado, Serviços voltou a responder pela maior participação (47,2%) entre as 5,327 milhões de micro e pequenas empresas com CNPJs negativados no mês de setembro de 2018. Comércio totalizou 43,9% desse total, e a Indústria, 8,5%. Os dados são alarmantes para os setores e explicitam as dificuldades do comerciante (sobretudo de micro e pequenas empresas) no mercado.

Leia também: Entidades parabenizam Bolsonaro e cobram medidas econômicas em novo governo

Inadimplência de empresas por região

Inadimplência de empresas no Brasil em setembro registra crescimento em todas as regiões
Reprodução
Inadimplência de empresas no Brasil em setembro registra crescimento em todas as regiões

A distribuição de micro e pequenas empresas pelo Brasil indica, segundo o estudo do Serasa, que o resultado é o mesmo de tempos atrás: a região sudeste, agora com 54,4%, concentra o maior número de empresas inadimplentes. Na sequência da lista, aparecem Nordeste (15,9%), Sul (15,7%), Centro-Oeste (8,8%) e Norte (5,2%). O maior crescimento em relação ao mês de agosto, no entanto, é do centro-oeste (+1,7%).

Leia também: Juros do rotativo do cartão de crédito sobem em setembro e atingem 278,7% ao ano

A inadimplência de empresas registrou alta em todas as regiões do Brasil entre agosto e setembro deste ano, expondo a dificuldade por todo o território nacional no período e a forma com que as empresas sofrem e têm dificuldades em pagar suas contas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.