Tamanho do texto

Instituições se declaram abertas a diálogo com o presidente eleito e esperam medidas econômicas liberais; Bolsonaro já prometeu menos gastos públicos

Empresas que parabenizaram Jair Bolsonaro pela eleição e se disponibilizaram ao diálogo com o presidente eleito
IGO ESTRELA / ESTADÃO CONTEÚDO – 22.3.2017
Empresas que parabenizaram Jair Bolsonaro pela eleição e se disponibilizaram ao diálogo com o presidente eleito


Entidades de setores comerciais, industriais e financeiras parabenizaram Jair Bolsonaro pela eleição que aconteceu neste domingo (28). O então candidato do PSL recebeu cumprimentos e votos de que o presidente eleito realize ações para mudar a economia do País.

Leia também: Paulo Guedes diz que reforma da previdência será prioridade do modelo econômico

Além de parabenizar Jair Bolsonaro pela eleição , o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas declarou, em nota, que deseja trabalhar em parceria com os novos governantes, colocando-se "à disposição para participar das ações em defesa do setor que movimenta o Brasil.” Ele também acrescentou que é preciso diminuir a burocracia para simplificar aberturas e o funcionamento de empresas, tanto novas quanto as que querem inovar.

A nota também destaca a necessidade de “avançar no desenvolvimento de políticas relacionadas à segurança pública, à infraestrutura e ao acesso a crédito privilegiando os empreendedores e, consequentemente, toda a sociedade brasileira.”

A Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (ANBIMA) também se colocou à disposição do governo de Bolsonaro, afirmando querer manter um diálogo aberto e construtivo. A associação afirmou saber da importância do mercado de capitais para a movimentação da economia do Brasil e que, por isso, "permanece de portas abertas para discutir, com seriedade e transparência, medidas que possam acelerar a expansão do PIB, aumentar a geração de empregos e incrementar os investimentos.”

A postura é a mesma da adotada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que disse que o setor bancário está à disposição para colaborar com o próximo mandato para “promover o desenvolvimento econômico e social do Brasil."

Leia também: Bolsonaro fica em casa no 1º dia como presidente eleito; transição começa hoje

Já a Associação Paulista de Supermercados (APAS) ponderou a respeito do cenário eleitoral de 2018, que "provavelmente foi o que houveram posições mais radicalizadas entre os candidatos, tanto no nível federal quanto estadual, o que levou muitos eleitores a votarem por exclusão." A instituição disse esperar que o “candidato eleito entenda que governará para todos e não para parte ou para setores da sociedade, e que esta posição deverá nortear os princípios da gestão de cada governante eleito.”

Depois de sinalizar a importância de um governo para todo o País, a APAS afirmou que deseja ações como geração de empregos, investimento na educação e simplificação tributária, que podem "favorecer o desenvolvimento dos setores produtivos do País e a geração de maior renda para a população."

Empresas parabenizaram Jair Bolsonaro pela eleição e tem fortes expectativas, já que seu discurso promete mudanças econômicas

Além dos cumprimentos, as empresas que parabenizaram Bolsonaro pela eleição cobram medidas econômicas
Reprodução/Youtube/PSL
Além dos cumprimentos, as empresas que parabenizaram Bolsonaro pela eleição cobram medidas econômicas


Bolsonaro venceu o segundo turno por 55,13% dos votos, contra 44,87% do seu opositor, o petista Fernando Haddad. Em seu discurso de vitória, o novo presidente afirmou que seu governo será comprometido com a responsabilidade fiscal, eliminando o déficit público para que seja convertido em superávit rapidamente. Ele também prometeu diminuir os gatos públicos e acabar com os privilégios.

Além das empresas que parabenizaram Jair Bolsonaro pela eleição , já que veem uma política mais liberal em relação à economia, o  mercado financeiro também reagiu positivamente na manhã de hoje (29), com o dólar em queda e a Bolsa de Valores em alta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.