Tamanho do texto

Antes de investir, é indispensável deixar claro quais são os seus objetivos. Dessa forma você consegue definir qual modalidade é ideal para você

Procurar profissionais pode ser interessante para os seus investimentos, mas é importante que você tenha a palavra final
iStock
Procurar profissionais pode ser interessante para os seus investimentos, mas é importante que você tenha a palavra final

Fazer investimentos nem sempre é das tarefas mais simples. Exige muito estudo para evitar erros e, dessa forma, garantir que você não vá perder dinheiro por conta de situações que poderiam ter sido evitadas. 

LEIA:  Seis situações em que dizer "não" pode fazer bem ao seu negócio

Para melhorar seus investimentos , é importante seguir algumas recomendações que vão te ajudar a acertar e não ter maiores problemas. Confira abaixo quais são essas dicas e saiba porque elas vão te ajudar: 

Conheça seus objetivos

Você não pode investir sem ter a ideia clara de quais são os seus objetivos. Você quer o dinheiro para comprar um carro, uma casa ou estudar? É necessário saber com exatidão quais são as suas intenções. 

Deixando claro o que você pretende alcançar, torna-se possível entender o que é melhor para você. Em alguns dos casos é melhor, por exemplo, ter um retorno mais baixo e que, ao mesmo tempo, tenha mais liquidez – ou seja, riscos mais reduzidos em relação ao resgate dos valores. 

Tenha cuidado

Arriscar pode garantir bons resultados, mas também pode ser muito perigoso. Por conta disso, tome cuidado e conheça bem a modalidade na qual pretende investir seu dinheiro, pois elas variam muito entre si. 

LEIA MAIS:  Por que deveríamos repensar o conceito de "trabalho dos sonhos"

O Tesouro Direto, por exemplo, existe em diferentes modelos, sendo que cada um deles tem um nível de risco diferente do outro. Por conta disso, é importante estudar em qual você está colocando suas finanças. 

Procure ajuda de profissionais

Profissionais podem te ajudar muito na hora de investir. Eles conseguirão te orientar, mas é importante que você saiba avaliar suas questões para tirar todas as dúvidas e evitar qualquer tipo de problema.

Não adianta pedir conselhos sem ter o mínimo de ideia do que deseja fazer. O profissional, no caso, vai apenas fazer um direcionamento para você. Isso acontece porque, ao final de tudo, quem deve decidir de que forma vai investir é o próprio investidor, e não pessoas que estão fora da situação. 

Lembre-se dos impostos

Muitas pessoas esquecem que o desconto do Imposto de Renda vai afetar diretamente os rendimentos de uma aplicação. Para evitar surpresas indesejadas, faça a comparação entre os retornos já incluindo os descontos. 

LEIA TAMBÉM:  11 sinais que mostram que seu chefe é perfeccionista

Também fique atento aos fundos de investimentos que cobram o Imposto de Renda em cotas semestrais, e não apenas no momento do resgate – os chamados "come cotas". Isso faz com que a rentabilidade seja diminuída.