10 erros que investidores cometem, de acordo com Warren Buffett
Felipe Moreno
10 erros que investidores cometem, de acordo com Warren Buffett

Warren Buffett é o maior investidor da história – é muito difícil de discordar disso. Com um resultado de 20% ao ano desde 1964, o "Oráculo de Omaha" multiplicou seu capital por diversas vezes, a ponto de se tornar um dos homens mais ricos do mundo. E não precisou ter inventado um produto usado por bilhões. O que ele faz qualquer um pode fazer.

Mas o que faz ele ser tão melhor que a médias dos investidores? A estratégia de investimentos dele é melhor, ponto final. Ao longo dos anos, ele foi explicando o que a maior parte das pessoas fazem de errado ao investir. Mas antes, não esqueça de entrar nos nossos grupos de WhatsApp e receber notícias do mercado em tempo real , além de materiais, relatórios e outras informações que vão te ajudar a investir melhor e guardar mais dinheiro. Confira:

1 – Dinheiro na forma de… dinheiro

O primeiro erro dos investidores é manter seu dinheiro na forma de… dinheiro! O ideal é estar sempre posicionado, com seu dinheiro rendendo alguma coisa o tempo todo. Muita gente fala para sempre ter um percentual líquido para aproveitar oportunidades – no caso do Brasil, na poupança ou Tesouro Selic -, mas Buffett acha que isso é um erro. "A gente nunca tem dinheiro por ter dinheiro. Uma posição de x% em dinheiro", afirma o investidor. "Nós queremos todo nosso dinheiro trabalhando em bons negócios. Às vezes vendemos alguma coisa e acabamos tendo mais dinheiro que gostaríamos. Nós queremos nosso dinheiro empregado em algo!", completou.

2 – Pensar no mercado

Investidores como Buffett estão sempre de olho nas empresas, na qualidade delas e no preço delas, independente de como está o mercado de ações como um todo. "Charlie e eu nunca temos uma opinião sobre o mercado. Não seria bom e impactaria nossas opiniões boas. Se estamos certos a respeito de um negócio, se pensamos que aquela empresa é atraente, seria tolo não tomar ação por pensar no que o mercado vai fazer ou não", destaca.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

3 – Diversificação

O terceiro erro apontado por Buffett é o da diversificação excessiva. Se uma pessoa sabe o que está fazendo, não faz sentido ela investir em 30, 40 ações diferentes. "Diversificação é um seguro contra a ignorância. Se você não sabe analisar empresas e quer se proteger, compre tudo! Está tudo bem. Isso é uma estratégia perfeitamente aceitável. Mas se você sabe, é um erro. Não existem 30, 40 empresas fantásticas. E todo dinheiro que você coloca na 30ª ação da lista que você gosta é um dinheiro a menos para colocar na empresa número um da lista", afirma. Buffett não tem dezenas de ações investidas, são só algumas poucas empresas que ele se sente extremamente confiante. "Três empresas fantásticas. É isso que você precisa para se dar bem", completa.

Leia Também

4 – Tomar risco

Para Buffett, volatilidade não é uma forma de mensurar o risco de um investimento – para ele, as pessoas que ensinam como mensurar riscos de investimentos (e usam beta para isso) não sabem nada sobre risco e cometem esse erro. "Fazendas aqui vendiam por US$ 2.000 por acre. Quando tivemos um crash, o beta subiu muito e o preço caiu para US$ 600 por acre. Eu comprei aí. E quem usa a volatilidade para medir risco diria que eu comprei um ativo muito mais arriscado do que essa mesma fazenda quando vendia a US$ 2.000. Não faz sentido", afirma. Investidores fazem isso também com ações. "Risco vem da natureza de certos negócios. Alguns negócios são arriscados por natureza. O risco vem de não saber o que você está fazendo. Você tem que saber, conhecer o negócio que está operando, as pessoas que você está negociando, e que o preço é sensível", completa.

5 – Emocional, não inteligência

Ser um investidor, afirma Warren Buffett, é uma questão de ter o emocional em dia, não de ser muito inteligente. "Você não precisa saber jogar xadrez 3D. Você precisa de uma personalidade estável, que não tem grandes prazeres de ir com a manada ou contra a manada", diz.

6 – Comunicação

Para Buffett, o melhor investimento que alguém pode fazer é melhorar suas capacidades de comunicação. "Se você não sabe se comunicar é como piscar para uma garota no escuro. Nada acontece. Se você investe em você mesmo, ninguém pode te tirar isso. Lembre que você tem uma mente e um corpo", afirma.

7 – Regras de alocação

Warren Buffett é completamente contra qualquer tipo de regra de investimento – como, por exemplo, investir 60% em ações e 40% em dívida. "É besteira", afirma. O que ele acha que é o correto é investir de maneira "correta", "se parece inteligente fazer alguma coisa. Vai lá e faça! Pare de querer seguir essas regras inventadas", diz. "Muita coisa que você vê em regras de alocação é puro marketing. As pessoas que inventam isso querem que você pense que elas são insubstituíveis, que vocês vão perder dinheiro se não as seguir. BESTEIRA", termina.

8 – Day Trade

O desprezo de Warren Buffett por day trades é conhecido, para ele é a mesma coisa que realizar uma aposta. "É o desejo das pessoas de apostar. Day Trade é a definição de apostar. A propensão das pessoas em apostar é grande. E a aposta é uma espécie de imposto na ignorância, nas pessoas que vão fazer coisas em que as chances estão contra elas", diz.

9 – Ações de crescimento

O penúltimo erro para Buffett é categorizar ações de maneiras diferentes, entre ações de crescimento e de valor – até pelo fato de que o crescimento, na maior parte das vezes, é positivo – e focar apenas nas que caem na primeira categoria. Nem todo crescimento é positivo e o foco não deve ser esse na hora de buscar por ações para comprar, se a companhia não tem capacidade de transformar crescimento em valor, não adianta. "Crescimento é parte da equação, mas se alguém te fala que você tem que ter seu dinheiro em ações de crescimento ou de valor, essa pessoa não entende de investimentos", diz.

10 – Esperar pelo "momento certo"

Se você está investindo em empresas boas, você vai ter muitos anos pela frente com esses investimentos. “Por definição um negócio excelente vai permanecer excelente pelos próximos 30 anos. Se você não está confortável em deixar seu dinheiro em algo por 20 anos, não invista. Se você identificou uma empresa excelente é melhor você comprar as ações logo”, completa, lembrando que tentar acertar o “tempo” do mercado é uma forma muito boa de perder dinheiro.

O post 10 erros que investidores cometem, de acordo com Warren Buffett apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários