Tamanho do texto

Deputado Samuel Moreira esteve com equipe do Ministério da Economia para analisar o texto que será apresentado aos deputados para votação

Samuel Moreira
Pablo Valadares/Agência Câmara
Deputado Samuel Moreira se reuniu com a equipe técnica do Ministério da Economia em Brasília

O relator da reforma da Previdência , deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), passou o sábado (8) reunido com equipe técnica do Ministério da Economia, em Brasília. Está sendo analisado o texto do relatório que será apresentado aos deputados para votação.

Leia também: Proposta de capitalização é inconstitucional e de "máximo egoísmo", aponta MPF

Moreira esteve com o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim, o secretário adjunto de Previdência, Narlon Nogueira, e outros membros da equipe técnica da Secretaria de Previdência.

No último dia 6, o presidente da Comissão Especial da reforma na Câmara , deputado Marcelo Ramos (PL-AM), não confirmou a apresentação do relatório para a próxima terça-feira (11), nem adiantou pontos do texto.

O presidente da comissão especial limitou-se a informar prazos regimentais de tramitação do texto. Segundo ele, apresentado o relatório, há um prazo de 24 horas para ser lido na comissão. Feita a leitura do documento , é concedido pedido de vista de duas sessões. O prazo é para que os parlamentares tenham mais tempo para analisar o texto.

Leia também: Bolsonaro diz, que sem crédito extra, governo pode suspender pagamento a idosos

A partir daí é iniciado o processo de debate. Se houver um bom nível de acordo, explicou, a votação tende a ser mais rápida porque é possível diminuir o número de deputados inscritos para discutir a matéria e também de destaques ao texto da reforma da Previdência .