Tamanho do texto

Servidores públicos com inscrições com final 8 ou 9 também têm direito a receber o abono salarial; valor do benefício pode chegar a R$ 954

Brasil Econômico

PIS/Pasep é voltado a quem trabalhou com carteira assinada e teve remuneração média de até dois salários em 2016
Antonio Cruz/Agência Brasil - 10.3.2017
PIS/Pasep é voltado a quem trabalhou com carteira assinada e teve remuneração média de até dois salários em 2016

O útlimo lote de pagamento do PIS/Pasep ano-base 2016 foi liberado nesta quinta-feira (15). Os valores estão disponíveis para trabalhadores da iniciativa privada nascidos nos meses de maio e junho e do setor pública com número de inscrição com final 8 e 9. O benefício varia de acordo com o tempo trabalhado com carteira assinada e é destinado a quem recebeu, em média, até dois salários mínimos naquele ano.

Leia também: Planos de saúde lideram ranking de reclamações pelo terceiro ano seguido

O pagamento do PIS/Pasep pode chegar a R$ 954, valor de um salário mínimo, e é proporcional à quantidade de meses trabalhados em 2016. O valor do abono salarial pode ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal, para quem trabalha em empresa privada, e do Banco do Brasil , para quem é do setor público.

Leia também: Receita já recebeu 2,4 milhões de declarações do IR; veja se você precisa fazer

Os trabalhadores do setor privado que possuem o Cartão Cidadão e a senha podem se dirigir até uma casa lotérica, um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de atendimento do banco. Caso não tenha o cartão e ainda não tenha recebido o valor em uma conta da Caixa, o benefício deve ser obrigatoriamente sacado em uma agência do banco com a apresentação de um documento de identificação.

Vale ressaltar que, com a liberação do último lote, todos os trabalhadores que preenchem os requisitos já podem ter acesso aos valores do abono salarial.

Quem tem direito ao saque do PIS/Pasep de 2016?

Além de ter trabalhado com carteira assinada em 2016 e remuneração média de até dois salários mínimos, o trabalhador precisa cumprir alguns requisitos para receber o valor do abono salarial. Entre eles, estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Leia também: Veja concursos públicos que fecham inscrições nesta sexta e pagam até R$ 19 mil

Caso você preencha os requisitos para receber o PIS/Pasep, é possível realizar uma consulta no site do Ministério do Trabalho . Para isso, é preciso ter em mãos o número do PIS ou do CPF, além de informar a data de nascimento. A informação aos beneficiários do PIS está disponível no  site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207. Os beneficiários do Pasep têm acesso a mais detalhes no  site do Banco do Brasil ou pelo número 0800 729 0001.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas