Tamanho do texto

Cobrando melhores salários, cerca de 160 trabalhadores de uma unidade de produção no norte da França estão parados desde o último dia 27. Confira

IstoÉ Dinheiro

Nutella
shutterstock
Funcionários da maior fábrica de Nutella do mundo estão em greve

Aproximadamente 160 funcionários da maior fábrica de Nutella do mundo estão de braços cruzados desde o último dia 27 em reivindicação por melhores salários. Segundo agências internacionais, a unidade ao norte da França é responsável por 25% de toda Nutella consumida no mundo e possui 350 trabalhadores no total.

Leia também: Ben & Jerry’s anuncia criação de sorvete à base de maconha

Em entrevista nesta segunda-feira (3), Fabrice Canchel, porta-voz do sindicato Force Ouvriere afirmou que nenhum caminhão entrou ou saiu da fábrica desde o início das paralisações, comprometendo a entrega do doce em diversos países europeus.

A Ferrero, dona da Nutella , já entrou na justiça para recuperar o controle da produção. A companhia italiana quer incluir multa de mil euros (4,3 mil reais) por hora parada.

Leia também: Empresa lança 'primeira cerveja instantânea' para fazer usando água com gás

Os trabalhadores em greve estão pedindo um aumento de 4,5%, além de um bônus de 900 euros (3,9 mil reais). A Ferrero teria oferecido apenas um aumento de 0,4%. Segundo a classe patronal, todas as discussões foram rejeitadas pelo sindicato.