Brasil Econômico

Avião da Avianca
Divulgação
Avianca Brasil, que tinha mais de 40 aviões em 2018, pode passar a operar apenas com duas aeronaves


A companhia aérea Airbus entrou com um pedido, nesta segunda-feira (6), para que suas quatro aeronaves que estão em posse da Avianca Brasil sejam devolvidas. A decisão ficará à cargo daa juíza Paula da Rocha e Silva Formoso, da 36ª Vara Cível do Fórum Central.

Leia também: Justiça de São Paulo suspende leilão da Avianca marcado para esta terça

Caso a Justiça de São Paulo conceda o pedido da empresa europeia, a Avianca , que atualmente tem seis aviões, vai passar a operar com apenas duas aeronaves. Em 2018, antes de entrar com o pedido de recuperação judicial, a companhia aérea possuia uma frota com mais de 40 aeronaves.

O número de aviões da companhia aérea foi caindo a medida que os donos dessas aeronaves , que eram utilizadas de forma similar à um aluguel, conseguiam retomá-las por inadimplência.

Atualmente, além das quatro aeronaves da Airbus , todas de 120 lugares, a Avianca opera com mais duas: uma da Wells Fargo e outra da Aircol 17. Confira:

  1. PR-AVJ - Modelo: Airbus A318, 120 lugares - Dono: Airbus Financial Services
  2. PR-AVL - Modelo: Airbus A318, 120 lugares - Dono: Airbus Financial Services
  3. PR-ONC - Modelo: Airbus A318, 120 lugares - Dono: Airbus Financial Services
  4. PR-ONI - Modelo: Airbus A318, 120 lugares - Dono: Airbus Financial Services
  5. PR-AVB - Modelo: Airbus A319, 132 lugares - Dpno: Wells Fargo
  6. PR-AVD - Modelo: Airbus A319, 132 lugares  - Dono: Aircol 17

Leia também: Comprou passagem? Saiba o que muda após cancelamento do leilão da Avianca

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários