Tamanho do texto

Alta fez valor de mercado da gigante do varejo chegar a US$ 768 bilhões; no mesmo dia, Google registrou queda e passou a valer US$ 762,8 bilhões

Projeções indicam que a Amazon chegará à marca de US$ 1 trilhão antes da Apple, atual empresa mais valiosa do mundo
Shutterstock
Projeções indicam que a Amazon chegará à marca de US$ 1 trilhão antes da Apple, atual empresa mais valiosa do mundo

A gigante do varejo Amazon se tornou nesta quinta-feira (20) a segunda maior companhia do mundo em valor de mercado. A conquista fez o Google , que antes ocupava essa posição ser rebaixado no ranking. A companhia comandada por Jeff Bezos fechou o dia com alta de 2,7% e chegou a um valor de mercado de aproximadamente US$ 768 bilhões (ou R$ 2,513 trilhões).

Leia também: Saiba quais são seus direitos caso tenha problemas com os Correios

O Google, representado oficialmente pelo conglomerado Alphabet , que também comanda  empresas como a Nest, perdeu a posição para a Amazon ao atingir a marca de US$ 762,8 bilhões (cerca de R$ 2,494 trilhões) após queda de 0,39%. A Apple, que já está há mais tempo no mercado, é avaliada em US$ 892 bilhões (R$ 2,919 trilhões).

Leia também: Governo poderá revisar impostos para financiar intervenção no Rio de Janeiro

Como lembra a Bloomberg , o resultado indica a confiança e o otimismo de investidores na empresa de Bezos quando o assunto é comércio eletrônico. Em 2017, as ações da empresa subiram 83%. Atualmente, a empresa tem 196 milhões de usuários únicos diariamente e apresenta, com frequência, novos produtos e serviços como o de computação em nuvem, em que lidera com ampla distância para Microsoft e Google.

Além disso, de acordo com pesquisadores, se continuar registrando as taxas de crescimento do último ano, a Amazon poderá alcançar a Apple antes da mesma atingir a expressiva marca de US$ 1 trilhão. A troca de posições entre as empresas ocorreria em agosto deste ano e levaria à marca de US$ 1,1 trilhão já em outubro.

As projeções também indicam que a Apple deverá chegar à mesma marca em até dois anos. Caso consiga manter as taxas de crescimento registras nos últimos trimestres, poderá atingir tal feito somente em setembro, um mês depois da nova segunda colocada.

Leia também: Saiba como declarar valores de bolsas de estudo no Imposto de Renda

Vale destacar que os números expressivos registrados pela Amazon fizeram Jeff Bezos ficar por vezes na primeira posição no levantamento dos mais ricos, dominada desde maio de 2013 pelo fundador da Microsoft, Bill Gates. Em 2017, a fortuna do empresário teve crescimento de US$ 34,2 bilhões.

* Com informações da Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas