Tamanho do texto

Atualmente, empresas esperam dos candidatos que estes façam perguntas; veja dicas sobre o que deve ser questionado

Entrevista de emprego. O candidato e o recrutador. Recrutador pergunta e candidato responde, certo? Errado! Não cabe somente ao entrevistador fazer perguntas. Claro que esta posição é primordialmente dele, mas o entrevistado também pode – e deve – tirar dúvidas. Não sabe quais perguntas você deve fazer? Quais assuntos abordar? O iG conversou com Daviane Chemin, vice-presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) para descobrir o que o candidato pode perguntar durante uma entrevista.

Questionar o recrutador mostra que o profissional também se valoriza e está avaliando o quanto aquela organização é convergente com seus propósitos pessoais, diz Daviane Chemin
Thinkstock
Questionar o recrutador mostra que o profissional também se valoriza e está avaliando o quanto aquela organização é convergente com seus propósitos pessoais, diz Daviane Chemin

Fazer perguntas no momento da entrevista é algo que as empresas já esperam do candidato. “Mostra que o profissional também se valoriza e que ele está avaliando o quanto aquela organização é convergente com os seus propósitos pessoais", diz Daviane. No entanto, as perguntas devem ser feitas naturalmente, não de forma ensaiada. "Muitos perdem tempo preparando e decorando e perdem a autenticidade", aponta Daviane. 

Qual a principal atividade da empresa?

É esperado que o candidato já saiba isto antes mesmo da entrevista. Por isso, é importante a pesquisa prévia que dê, ao menos, um parâmetro geral sobre a empresa. No entanto, fazer essa pergunta, ou alguma pergunta similar, demonstra interesse pelo negócio. 

Características do negócio

Assim como a pergunta anterior, o candidato já deve ter uma noção básica das características da empresa da qual pretende fazer parte. Perguntas mais detalhadas são uma boa pedida nesse caso, pois também demonstram interesse do candidato. 

Que perfil corporativo demanda o negócio

Este questionamento tem muita importância. É a partir dela que o candidato pode ver se está alinhado com a empresa sobre a vaga que deseja ocupar. Às vezes, neste momento o candidato percebe que aquela vaga não é exatamente o que pensava ou vê que não é a pessoa ideal para exercer tal função.

Dinâmica de trabalho dentro da empresa

Com esta pergunta, o candidato pode ter uma ideia sobre como será a rotina de trabalho, as pessoas com quem mais terá contato, se trabalhará mais sozinho ou em equipe. Há dinâmicas que funcionam para certas pessoas e não funcionam para outras, por isso esta pergunta é sempre válida.

Resultados corporativos

O candidato deve questionar o entrevistador sobre quais resultados corporativos a empresa espera dos colaboradores, até para que ele possa também selecionar a empresa na qual está ingressando.

Remuneração

Muitos ficam na dúvida se é conveniente perguntar sobre remuneração e benefícios já na primeira entrevista. "Perguntar sem entender qual o escopo da atividade não é pertinente", responde Daviane. "Existem outras informações mais relevantes como clima da empresa, cultura, grau de autonomia". É uma pergunta que pode ser feita mas não é primordial, existem aspectos mais importantes da organização que o candidato deve conhecer primeiro. "Se ele escuta o que a organização tem a oferecer, pode se posicionar melhor quanto à remuneração", recomenda. 

Veja também: 7 atitudes para ser influente no seu novo emprego



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas