Petrobras acredita que preço do diesel não deve ser alterado nas próximas semanas
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Petrobras acredita que preço do diesel não deve ser alterado nas próximas semanas

Após reduzir a gasolina duas vezes em 10 dias, a Petrobras não deve reduzir o preço do diesel tão cedo. É o que declarou o diretor de Comercialização e Logística da estatal, Cláudio Mastella, em reunião com analistas nesta sexta-feira (29).

Segundo Mastella, a proximidade do inverno no hemisfério norte e o baixo estoque do combustível prejudicam a possibilidade de reduzir o preço do diesel nas próximas semanas.

"Vemos um cenário de manutenção dos preços dos derivados parecidos com os atuais, em especial no caso do diesel, que tem um impacto da aproximação do inverno no hemisfério norte", disse.

"A expectativa é que o diesel fique nesse cenário ou até mais forte, a menos que se confirme expectativa de grande recessão global", concluiu.

O governo tem tentado reduzir o preço dos combustíveis para aliviar a pressão sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) às vésperas da campanha eleitoral. Nos últimos meses, Bolsonaro zerou impostos sobre o diesel para recuperar a confiança de caminhoneiros, sua base fiel nas eleições de 2018.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

O Palácio do Planalto conseguiu duas reduções consecutivas no preço da gasolina – a última anunciada na quinta-feira (28), com queda de R$ 0,15 por litro. Dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) mostram que a gasolina caiu 20% nas últimas semanas, enquanto o diesel apresentou queda de 1,2%. O dado não agrada a cúpula ligada a Bolsonaro.

Mastella ressaltou o aumento da procura pelo combustível nos países do hemisfério norte, principalmente após o início da guerra na Ucrânia, e a redução na distribuição de diesel russo. Bolsonaro, porém, prometeu resolver a questão e disse ter um acordo com o Kremlin para o fornecimento de diesel para o Brasil.

"Hoje, em particular, não há dificuldade para adquirir diesel dos fornecedores habituais", disse o diretor, ao comentar sobre o estoque do combustível no país.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários